BEM VINDO

Gostaria de deixar claro que o evangelho de Jesus Cristo é para mim motivo de honra,“porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê...”(Rm 1:16). Tenho, porém, a cada dia, mais vergonha do evangelicalismo pregado nos púlpitos de algumas igrejas e vivido por muitos de seus membros.

O espírito mundano tem assolado e impregnado as mentes e corações do povo de Deus, como um mal que se alastra em todos os setores da vida religiosa: doutrina, liturgia, fé e padrões de conduta. A tal ponto que muitos crentes sinceros, mas negligentes quanto ao conhecimento das Escrituras, têm se deixado enredar “pela astúcia de homens que induzem ao erro” (ef 4:14).


ARQUIVOS DO BLOG

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

A mulher santa e o amor

2 comentários
Clique AQUI
















Tema: Testemunho Cristão
Título: A mulher santa e o relacionamento com Cristo, seu noivo
Texto: 1 Pe 1:14-16
Série de Estudos para Sociedade Feminina
Glória Brasil/2006

APRESENTAÇÃO
O propósito deste trabalho é incentivar senhoras e moças a refletirem sobre o seu papel de santas mulheres que, independente de suas condições de solteiras, noivas, casadas ou viúvas, têm um compromisso eterno com Cristo, seu noivo celeste, a quem aguardam para as bodas.

E como toda noiva, devemos estar nos preparando, adornando e enfeitando para agradá-Lo e nos apresentar a Ele como virgem pura e sem mácula. “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo”, 2 Co11:3.

Minha oração é que Deus levante mulheres santas, comprometidas com a verdade bíblica e que juntas possamos batalhar “diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” Jd 1:3.

O USO DE RECURSOS VISUAIS
Tenho desenvolvido o ministério de ensino nas reuniões da Sociedade Feminina utilizando vários tipos de recursos visuais, pois, além de prender a atenção, enriquece muito a aula e ajuda na memorização das lições.

Este trabalho foi desenvolvido no Software Powerpoint, para ser apresentado em Datashow. Porém, poderá ser adaptado para Cartaz ou Blocão. Para isso as figuras deverão ser ampliadas em impressoras domésticas ou em casas de reprodução gráficas em papel A3.

INTRODUÇÃO
Quando temos diante de nós em tema em que envolve o papel da mulher, devemos conduzi-lo com muito cuidado:
• para não seguirmos as trilhas do formalismo religioso e provarmos erroneamente a inutilidade da mulher,
•ou, tomarmos o sentido contrário e olharmos para as “tendências do mundo”, mergulhando na mundanização dos nossos valores, e concluir que devemos ser iguais a tantas que não conhecem o Senhor.
Neste estudo percorremos as Escrituras, e ao final, espero que tenhamos despertado para a realidade da mulher cristã no plano de Deus.
Veremos que é necessário entendermos o chamado de nossa vocação. Para que fomos chamadas ? E isto responderemos:
• Ao avaliarmos nossas mentes femininas, porém cativas a Cristo.
• E logo após, o exercício desta mente, quando veremos a mulher na sua função de formadora de uma ambiente cristão.
Primeiro nossas mentes, depois nossos ambientes. Que Deus seja engrandecido em nossas vidas, e que aproveitemos este grande privilégio: Reunirmo-nos para desenvolver nossa salvação.

PANO DE FUNDO
Para que não incorramos no erro das religiões humanas e das seitas, é necessário incluirmos nesta nossa meditação a dura realidade do pecado, pois só assim poderemos identificar as dificuldades de cumprir nossa vocação.

1. A CRIAÇÃO SANTA DA MULHER
• Deus ao criar nossos pais os fez sem pecados, pois Deus ao ver Adão e Eva disse que era muito bom. Um relacionamento franco e em santidade se iniciava.
• Para os nossos pais bastava unicamente obedecer para que a eternidade fosse desfrutada em plena comunhão entre o criador e suas criaturas.
• O resultado desta provação já sabemos: eles transgrediram na ilusão de serem semelhantes a Deus. E, como sentença sobre eles veio a morte.
• Aquele relacionamento projetado por Deus fracassou completamente, e expulsos da presença de Deus, nossos pais tiveram suas vontades subjugadas ao pecado, e a crueldade da morte entrou na esfera humana.
• O egoísmo, o pecado, a morte.

2. O PECADO E SUAS CONSEQÜÊNCIAS
• Tornamo-nos incapazes de promover o bem desejado por Deus: a imagem inicial das criaturas foi profundamente abalada.
• O louvor devido, a honra devida, o relacionamento agradável, todos deixaram de fazer parte da existência do homem.
• A morte, e a desesperança passaram a ser companheiras inseparáveis da existência humana.

3. CRISTO E O RESGATE
• Deus sendo rico em misericórdia, e pelo muito amor que nos amou, enviou seu filho para resgatar a imagem perdida do homem.
• O Deus criador, agora redentor, fala aos nossos corações para que tenhamos vida e vida em abundância.
• Podemos ser solteiras, noivas, esposas, mas ... Temos um compromisso eterno, com Cristo. Somos noivas!

E hoje veremos como nos relacionar com aquele que nos redimiu, nós igreja e o nosso noivo.
Uma história de amor... e de amor eterno.